Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território Bacia do Jacuípe

Ipirá

Cidade de Ipirá

Gentílico: ipiraense

População (IBGE/2010): 59.343 habitantes

PIB Per Capita: (IBGE/2014): 9.508,12

Área Territorial: 3.105,28m²

Prefeito: Marcelo Antônio Santos Brandão (DEM)

Vice-Prefeito: José Ricardo Almeida Pinheiro (PMDB)

Site: http://ipira.ba.gov.br/

Facebook: Clique aqui para acessar o facebook de Ipirá

Histórico

O município é um dos lugares mais antigos do Estado da Bahia, as terras são conhecidas desde o século XVII, seus primitivos habitantes eram índios Paiaiás, uma ramificação da tribo dos Tupis.

O primeiro núcleo de povoamento do atual Município foi a Fazenda do Camisão, nome ligado a Serra do mesmo nome, em cujas imediações se localizava a Fazenda. Neste local teria vivido um senhor que era conhecido como o “homem do camisão”, porque usava camisas de algodão muito compridas. E o lugar assim se conservaria até 20 de julho de 1931. O topônimo Ipirá sobreveio-lhe nessa última data, por força da Lei Estadual nº 7.521. Seu nome tem origem indígena e significa “Rio do Peixe”. Ipirá desmembrou-se de Feira de Santana e foi automaticamente criada pela Resolução Provincial nº 520, de 20 de abril de 1855.

Localização e Geografia

Distante 202 km da capital baiana, as margens da BA 052 – Estrada do Feijão, o município de Ipirá limita-se ao Norte com Pintadas e Pé de Serra; ao Leste com Rafael Jambeiro; ao Sul com Iaçu e ao Oeste com Itaberaba, Ruy Barbosa, Macajuba e Baixa Grande.

O sistema hidrográfico evidencia o Rio do Peixe que ocorre na porção central do município, a oeste da sede municipal. O relevo é formado por planaltos e pequenas planícies, a exemplo de Serra das Vacas, Serra da Caboronga e Monte Alto.

A vegetação de Ipirá foi catalogada como pertencente aos seguintes tipos: caatinga, mata, capoeira arbórea aberta ou densa (com palmeiras), floresta estacional decidual e contato caatinga-floresta estacional.

Principais Atividades Econômicas

A economia do município gira em torno da pecuária através da criação de bovinos, caprinos e ovinos, sendo considerado um dos municípios de maior produção leiteira do Estado; da indústria e comércio pelo fato da existência de fábricas que exportam grande variedade de produtos manufaturados, a exemplo dos artigos em couro; e da agricultura que é baseada no cultivo de milho, feijão, hortaliças e verduras.

Manifestações Populares e Culturais

Destacam-se a Procissão de Nossa Senhora Santana e a realização da Micareta e Festejos Juninos.

Potenciais Turísticos

Mata da Caboronga e Monte Alto, onde tem uma capela muito visitada durante a Semana Santa.

MUNICÍPIOS CONSORCIADOS

  • Baixa Grande

    Capela do Alto Alegre

    Capim Grosso

    Gavião

    Ipirá

  • Mairi

    Nova Fátima

    Pé de Serra

    Pintadas

    Quixabeira

  • Riachão do Jacuípe

    São José do Jacuípe

    Serra Preta

    Serrolândia

    Várzea do Poço

  • São José do Jacuípe

    Serra Preta

    Serrolândia

    Várzea do Poço

    Várzea da Roça

CONTATOS

Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território Bacia do Jacuípe

Praça Joaquim Machado, 216 A, Centro, 44645-000, Capela do Alto Alegre - BA

(75) 3690 - 2229 / (75) 98146 - 6493

ascom@consorciojacuipe.ba.gov.br

OUTRAS NOTÍCIAS

Copyright 2018 - Todos os direitos reservados.
Nobili - Desenvolvimento Web & Comunicação