Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território Bacia do Jacuípe

Várzea da Roça

Cidade de Várzea da Roça

Gentílico: varzeano

População (IBGE/2010): 13.786

PIB Per Capita: (IBGE/2014): 5.253,16

Área Territorial: 468,407 km²

Prefeito: Lourivaldo Souza Filho (PMDB)

Vice-Prefeito: Milton Almeida de Oliveira Filho (PT)

Site: http://varzeadaroca.ba.gov.br/

Facebook: Clique aqui para acessar o facebook de Várzea da Roça

Histórico

Em 1943 nas proximidades de Monte Alegre da Bahia, hoje Mairi, começou a história do município de Várzea da Roça. Esta localidade nascera sob os olhos auspiciosos daqueles que, na época, transportavam o progresso pelas velhas estradas: os tropeiros, que cavalgavam pela via que ligava Morro do Chapéu a Feira de Santana. Esses condutores da prosperidade carregavam em lombos de animais, as tropas, produtos diversos para atender as demandas e necessidades das localidades por onde passavam.

Estrategicamente, percebendo que havia um grande movimento de pessoas naquele local, foi construído próximo a essa estrada e a uma grande lagoa, na Fazenda Várzea da Roça, denominada desta forma por se tratar de uma área de várzea (lagoa rasa) um improvisado barracão.

Ali comprava-se e vendia-se produtos de cultura local, como também produtos industrializados que vinha de cidades distantes. Configurando-se um ponto obrigatório de passagem para mercadorias e pessoas que se deslocavam pela estrada de Morro do Chapéu e assim procede até 1945.

O barracão, também, era ponto de parada dos tropeiros que por ali passavam, com o objetivo comercial. Assim, aquilo que inicialmente era só uma fazenda, teve a iniciação do seu povoamento com a doação de terras feitas pelo Sr. José Alves Bastos, em 1945, ao Sr. José Coelho. Este loteou o terreno conquistado e as pequenas parcelas de terras foram novamente doadas com o intuito de que as pessoas beneficiadas construíssem as casas. Deu-se início à vida social em Várzea da Roça.

Com a primeira feira livre realizada em 15 de dezembro de 1946 a atividade comercial se intensifica na conglomeração dos pequenos produtores. A primeira missa, celebrada pelo Padre Francisco Freitas aconteceu em 10 de setembro de 1950, instaurando a fé católica em Várzea da Roça.

Com o advento do desenvolvimento da localidade, em 25 de fevereiro de 1985, através da Lei Estadual nº 4.401, a emancipação de Várzea da Roça foi sacramentada após um longo período de anseio do povo varzeano.

Localização e Geografia

Com um clima tropical semiárido, Várzea da Roça está localizada na mesorregião do Centro Norte Baiano, microrregião do município de Itaberaba, distante 299 km de capital baiana, fazendo divisa com os municípios de Capela do Alto Alegre, São José do Jacuípe, Mairi, Serrolândia e Quixabeira.

O município está totalmente inserido no Polígono da Seca e os longos períodos de estiagens acarretam déficit hídrico para a agricultura local durante grande parte do ano.

Principais Atividades Econômicas

Tal como a grande maioria dos municípios do interior da Bahia, Várzea da Roça se estabelece economicamente com uma produção agropecuária. É certo que a cultura irrigada com as águas do Rio Jacuípe represada na barragem da vizinha São José do Jacuípe nasce como uma alternativa a favor do cultivo agrícola. Mas também é certo que o potencial hídrico da represa ainda é pouco explorado pelos agricultores cuja atividade, nesses casos tende, mesmo que incipientemente, a ser um diferencial em meio à região semiárida. Para, além disso, a economia gira em torno do comércio e instituições públicas do município.

Manifestações Populares e Culturais

O que se destaca no município é o reisado, onde um grupo de pessoas cantam Reis do dia 01 ao dia 06 de janeiro; a Festa de Padroeiro de São José, realizada em março; a Festa do Trabalhador, comemorado dia 01 de maio; as fogueiras de São João, em junho; e o tradicional Carnatal, festa que acontece em dezembro e atrai muitos visitantes para a cidade. Além disso, existem os sambadores, as cantadeiras de roda e as quebradeiras de licuri que mantém essa tradição viva.

MUNICÍPIOS CONSORCIADOS

CONTATOS

Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território Bacia do Jacuípe

Praça Joaquim Machado, 216 A, Centro, 44645-000, Capela do Alto Alegre - BA

(75) 3690 - 2229 / (75) 98146 - 6493

ascom@consorciojacuipe.ba.gov.br

OUTRAS NOTÍCIAS

Copyright 2018 - Todos os direitos reservados.
Nobili - Desenvolvimento Web & Comunicação